Topo

Entretenimento

São Paulo Fashion Week exalta a feminilidade na abertura de sua 30ª edição

29/01/2011 03h01

São Paulo, 28 jan (EFE).- A exaltação da feminilidade, o equilíbrio entre polos opostos e uma leitura tropical da tendência dos países escandinavos foram as propostas para o inverno no Hemisfério Sul na abertura da 30ª edição da São Paulo Fashion Week nesta sexta-feira.

O primeiro desfile foi da grife Animale, que apostou no brilho e sofisticação da mulher reconciliada com seu lado mais feminino.

Inspirada em trajes de montaria e com tons abrangendo dourado, laranja, vermelho e preto, Priscilla Darolt, estilista da Animale, abusou das transparências e da sensualidade.

Em declarações à Agência Efe, Priscilla, que contou com as modelos Isabeli Fontana e Raquel Zimmermann na passarela, disse que a mensagem de sua coleção é o "equilíbrio entre opostos" e reconheceu ter feito uma viagem ao passado para dotar suas criações de um ar clássico.

O segundo desfile da tarde foi protagonizado pela grife Tufi Duek, que apostou na arquitetura e nos países escandinavos e adaptou a estética do norte da Europa ao clima tropical.

O estilista da marca, Eduardo Pombal, fugiu do preto, marrom e cinza que dominam as propostas do inverno e preferiu apostar em tons mais claros.

Pombal celebra a feminilidade com uma proposta com movimento e leveza na qual volta a lançar mão da tecnologia para dar aos tecidos aparência de veludo molhado.

O primeiro dia da semana de moda de São Paulo foi encerrado com os desfiles de Samuel Cirnansck e da Triton, no qual Paris Hilton monopolizou todos os flashes.

Na passagem da grife Samuel Cirnansck pela passarela, elementos do guarda roupa diário foram incorporados às peças mais glamourosas, produzindo vestidos de noite com ar mais casual. Outra tendência imposta pelo estilista que dá nome à marca foi a cintura alta, com cintos grossos contrastando com peças mais delicadas.

Já o desfile da Triton foi aberto por Paris Hilton, que entrou na passarela com um look preto. Contrastando com os tons claros que predominaram até então, a Triton apresentou sua coleção carregada da cor negra. A inspiração da estilista Karen Fuke veio de Nova York e da vida cosmopolita da cidade.

A SPFW completa em 2011 seu 15º aniversário e diferentes autoridades e representantes do mundo político e econômico, como o governador do estado, Geraldo Alckmin, participaram da cerimônia de abertura.

O responsável da SPFW, Paulo Borges, assegurou que a moda brasileira "vive um momento muito especial".

Ao todo 31 grifes participarão da semana de moda até a próxima quarta-feira, evento que trará à cidade estrelas internacionais como Christina Aguilera, Ashton Kutcher e sua esposa, Demi Moore.

Já a supermodelo Gisele Bündchen voltará a desfilar pela Colcci.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento