Topo

Entretenimento

Documentário brasileiro "Lixo Extraordinário" concorre ao Oscar

25/01/2011 19h05

Los Angeles (EUA), 25 jan (EFE).- A coprodução brasileiro-britânica "Lixo Extraordinário" foi indicada nesta terça-feira ao Oscar de Melhor Documentário, segundo o anúncio feito pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

O filme aborda a relação do artista plástico Vik Muniz com os catadores do lixão de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias (RJ).

O documentário, de 99 minutos, foi codirigido por João Jardim, Lucy Walker, Angus Aynsley e Karen Harley.

Após saber da notícia, João Jardim declarou à edição online do jornal "Folha de S.Paulo" que ficou muito feliz de fazer parte do projeto. "Seria uma grande vitória para o Brasil, já que a equipe é praticamente toda brasileira", afirma o cineasta.

Já o artista Muniz destaca as boas chances do documentário para o Oscar. "Entre os filmes indicados, é o mais forte, o mais premiado, nossas chances são muito grandes", declarou por telefone ao portal "G1".

"Lixo Extraordinário" disputará a estatueta com os filmes "Exit through the Gift Shop", "Gasland", "Trabalho Interno" e "Restrepo", na cerimônia que será realizada no dia 27 de fevereiro, em Los Angeles.

A fita ganhou o prêmio Anistia Internacional e também o correspondente à votação do público na seção Panorama da última edição do Festival de Cinema de Berlim.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento