Topo

Entretenimento

Morre o escultor norte-americano Dennis Oppenheim

Cortesia Fundação Gabarrón / EFE
O artista norte-americano Dennis Oppenheim, morto no último dia 22/01/2011 Imagem: Cortesia Fundação Gabarrón / EFE

24/01/2011 19h39

Nova York, 24 jan (EFE) - O escultor americano Dennis Oppenheim, considerado um dos artistas conceituais mais importantes, morreu de câncer no sábado passado em Nova York, tal como confirmou nesta segunda-feira seu amigo Juan Manuel Gabarrón, vice-presidente da Fundação Gabarrón, em entrevista à Agência Efe.

Oppenheim, que segundo Gabarrón preferiu nem comentar sobre a doença porque a considerava algo muito íntimo, morreu de câncer em um hospital de Nova York na noite do sábado, aos 73 anos de idade.

  • Reprodução / www.dennis-oppenheim.com

    "Bus Home", escultura de 2002 do artista norte-americano Dennis Oppenheim feita em espaço público em Buenaventura, na Califórnia

"Foi como um balde de água fria" expressou Gabarrón, membro de uma família bastante próxima ao escultor americano, com quem manteve amizade durante mais de 20 anos e com quem colaborou em projetos artísticos em várias ocasiões. "Era uma pessoa excepcional, como artista e como ser humano".

O artista americano, nascido em Electric City (no estado de Washington) em 1938, pertenceu à geração da chamada arte conceitual, que, no final dos anos 60, se mostrou como reação ao minimalismo nos Estados Unidos.

Ele se transformou em um dos máximos expoentes da arte pública, uma corrente que evita os espaços tradicionais e 'invade' a rua com suas propostas.

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento