Topo

Entretenimento

Clientes pedem que Goldman Sachs invista no Facebook, diz jornal

05/01/2011 22h43

Nova York, 5 jan (EFE).- O banco americano Goldman Sachs recebeu uma enxurrada de pedidos de clientes para investir na rede social Facebook, uma empresa que não cota na bolsa de valores e que busca reunir fundos para aumentar sua capacidade financeira, detalhou nesta quarta-feira o diário "The Wall Street Journal" em seu site.

"O interesse nas ações do Facebook é tão forte que o Goldman Sachs planeja deter na quinta-feira a busca de interessados entre possíveis investidores, após ter recebido ordens avaliadas em vários bilhões de dólares", indica o jornal sem identificar suas fontes.

As duas partes planejam criar um veículo de investimento para fins especiais, de modo que alguns dos clientes da entidade financeira poderão comprar até um total de US$ 1,5 bilhão em capital da rede social.

Segundo o diário, o Goldman Sachs está dando prioridade a seus clientes individuais, mas "um pequeno número de firmas institucionais como fundos de cobertura e entidades de investimento de capital privado com as quais mantém relações comerciais também foi convidado".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento