Entretenimento

Teatro italiano reserva assentos segundo altura dos espectadores

BBC
Fachada do Teatro Piccolo de Milão, na Itália Imagem: BBC

Marcelo Crescenti

Da BBC Brasil, em Milão

07/02/2014 12h06

O renomado Teatro Piccolo de Milão começa a testar nas próximas semanas um novo sistema de reserva de assentos: quem comprar ingressos receberá um lugar de acordo com sua altura. O objetivo é evitar que a visão seja bloqueada por pessoas mais altas.

Com o novo sistema, o espectador terá que informar sua estatura no momento da compra do bilhete, seja online ou na bilheteria do teatro. Com base nessa informação ele receberá o assento mais adequado para poder ver o espetáculo sem obstáculos à sua frente.

A intenção do teatro é resolver um problema milenar, que existe desde que as fileiras de assentos foram inventadas: o fato de que a visão do espectador pode ser prejudicada quando alguém mais alto se senta na cadeira da frente, o que acaba causando desconforto na plateia.

O Teatro Piccolo é um dos palcos mais renomados do panorama cênico italiano e tem uma comunidade de "fãs" na internet com cerca de 123 mil inscritos. Os membros têm direito a ofertas especiais e ganham pontos com o cartão "Piccolo Card".

Agora o Piccolo está pedindo aos integrantes desse grupo que completem a sua ficha de inscrição inserindo sua estatura, inclusive topetes e penteados que aumentam a altura. Segundo os planos do teatro, no futuro quem fizer reservas online poderá até ter acesso uma imagem de como o palco é visto do lugar escolhido e saber a altura do espectador sentado na sua frente.

O jornal italiano La Reppublica afirmou que o método é "revolucionário". Mas há quem tenha suas dúvidas e tema que os grandalhões entre os espectadores tenham que se sentar sempre na parte de trás da plateia.

A escritora italiana Isabella Fedrigotto diz em um artigo no jornal "Corriere Della Sera" que duvida um pouco da honestidade de quem faz reservas online: "Será que pessoas altas não vão declarar que são mais baixas só para ocupar postos mais perto do palco?", pergunta.

Isso só se saberá no fim da fase de testes, que deverá durar alguns meses. "Pelo menos quem compra o ingresso na bilheteria não poderá mentir", afirma a escritora.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo