Entretenimento

Exposição mostra luta do pai da fotografia moderna contra cores

Henri Cartier-Bresson
Cartier-Bresson era contra a fotografia colorida, que ainda era uma tecnologia relativamente nova nos anos 1950 Imagem: Henri Cartier-Bresson

08/11/2012 08h49


Uma exposição aberta nesta quinta-feira em Londres traz fotos do pai da fotografia moderna, o francês Henri Cartier-Bresson, que nunca foram exibidas na Grã-Bretanha.

O objetivo da mostra "Cartier-Bresson: A Question of Colour" ("Cartier-Bresson: Uma Questão de Cor") é mostrar, através de imagens, o ideal de fotografia do francês, que era contra o uso das imagens coloridas.

No entanto, Cartier-Bresson não conseguiu passar adiante esta ideia a seus discípulos. Ele foi um dos fotógrafos mais influentes da história, mas grande parte dos jovens que ele influenciou preferiu usar imagens coloridas.

A mostra na Somerset House, em Londres, traz imagens também de Ernst Haas, Joel Meyerowitz e William E. Ewing.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo