Entretenimento

Fotos premiadas expõem flagrantes inéditos da ciência

Gary Cronitch
O camarão mantis (odontodactylus scyllarus), que pode ser encontrado possui o mais complexo sistema de visão do mundo marinho. na Grande Barreira de Corais da Austrália Imagem: Gary Cronitch

31/08/2012 11h31

O Prêmio Eureca New Scientist para Fotos Científicas é apresentado anualmente pelo Museu Australiano.

Além de premiar inovações nas áreas de pesquisa, ciência acadêmica e jornalismo científico, ele também conta com uma disputada categoria de fotos científicas.

As imagens deste ano reúnem diversos flagrantes da vida animal e vegetal nunca antes registrados por uma câmera fotográfica.

A imagem que conquistou o primeiro lugar no prêmio deste ano foi a feita por Jason Edwards, que capturou, pela primeira vez, o acasalamento da baleia-jubarte, também conhecida como baleia-corcunda

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo