Entretenimento

Preso, filho de integrante do Pink Floyd perde apelação

AP
Charlie Gilmour, filho do músico David Gilmour, em frente ao tribunal de Kingston Crown, em Londres (15/07/2011) Imagem: AP

Da AP

28/10/2011 09h05

 

Juizes mativeram a pena de prisão de 16 meses dada ao filho do guitarrista do Pink Floyd, David Gilmour, devido à sua participação em protestos estudantis violentos no ano passado, na Inglaterra.
 
Charlie Gilmour foi um dos milhares de estudantes que se manifestaram em dezembro contra o aumento de taxas na universidade. Ele estava num grupo que se separou da marcha principal e atacou o comboio que levava o Príncipe Charles e sua esposa, Camilla. Gilmour também foi fotografado pendurado em uma bandeira no Cenotaph, um memorial de guerra britânico.
 
O estudante da Universidade de Cambridge se declarou culpado, mas questionou a duração da sentença. Nesta sexta-feira (28), o Tribunal negou a apelação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo