PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Concerto sem público nas ruínas de Baalbek, no Líbano

05/07/2020 17h12

Beirute, 5 Jul 2020 (AFP) - A Orquestra Filarmônica Libanesa se apresentou sem público neste domingo, no centro das ruínas romanas iluminadas de Baalbek, em uma "mensagem de resistência" simbólica lançada por um festival de prestígio em um país que enfrenta o colapso de sua economia e a epidemia de COVID-19.

A noite, transmitida ao vivo pela televisão e mídia social libanesa, é o único concerto organizado este ano pelo Baalbek International Festival, no sítio arqueológico de mesmo nome, declarado Patrimônio Mundial da Unesco.

Sob o regente Harout Fazlian, os cerca de 150 músicos e coristas foram instalados no recinto descoberto do templo Baco, com impressionantes colunas coríntias. Não havia público para aplaudi-los no concerto que foi gravado por drones.

O repertório misturou música clássica, rock, além de composições dos irmãos Rahbani, dois músicos libaneses famosos, ou "Hymn of Joy", de Beethoven, em homenagem ao 250º aniversário do nascimento do compositor alemão.

O recital durou pouco mais de uma hora. No final, o maestro cumprimentou seus músicos e os membros do coral, que o aplaudiram calorosamente.

Os verões no Líbano são geralmente animados por concertos e shows organizados por diferentes festivais que atraem centenas de espectadores, mas este ano será mais sóbrio em um país em crise que está gradualmente saindo do confinamento.

bur-tgg/mdz/bc/mb/cc

Entretenimento