PUBLICIDADE
Topo

Lily Lian, última cantora de rua de Paris, morre aos 103 anos

Lily Lian - Reprodução
Lily Lian Imagem: Reprodução

De Paris (França)

24/05/2020 18h41

Lily Lian, considerada a última cantora de rua de Paris, amiga do cantor e ator Maurice Chevalier, morreu neste domingo em um hospital na região de Paris, informou à agência France Press seu afilhado, Michaël Gautier.

A música "Lily Paname" foi um de seus grandes sucessos nas décadas de 1950 e 1960. A cantora passou à posteridade em duas fotografias do famoso fotógrafo Robert Doisneau.

Nascida em 1 de maio de 1917, começou a cantar quando criança antes de se tornar uma cantora de rua reconhecida nos anos 1930.

Durante sua carreira, teve contato com artistas como Edith Piaf, Tino Rossi, Maurice Chevalier e Yves Montand.

Em 1981, publicou suas memórias no livro "Lady Paname, Memórias da Última Cantora de Rua".