PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


As verificações da semana

24/01/2020 11h29

Rio de Janeiro, 24 Jan 2020 (AFP) - Veja a seguir a seleção das principais verificações da AFP nesta semana:

1 - BOLSONARO DISSE QUE TERIA SE ALISTADO NO EXÉRCITO NAZISTA

Um vídeo em que o então deputado federal Jair Bolsonaro supostamente afirma que teria se alistado no exército de Hitler caso fosse alemão no período da Segunda Guerra Mundial foi compartilhado centenas de vezes em redes sociais em janeiro deste ano. A fala de Bolsonaro foi, no entanto, tirada de contexto. O vídeo viralizado foi, ainda, editado para remover o trecho no qual o então deputado diz que "a pergunta não cabe" e que "ninguém quer ir para a guerra".

http://u.afp.com/BolsonaroAlistado

2 - PEC PODE ALTERAR INDICAÇÃO DE MINISTROS AO STF

Uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera o processo de escolha e o tempo de mandato dos ministros do STF, apresentada em 2015, voltou a ser debatida em janeiro nas redes sociais. Com esta PEC, quando vago, o cargo não seria mais preenchido por um indivíduo apenas à escolha do presidente, mas por meio de uma lista apresentada por três diferentes entidades. Muitos internautas afirmaram que esta seria uma manobra para dificultar a possível nomeação por parte do presidente Jair Bolsonaro do ministro da Justiça, Sergio Moro, ao cargo. A seguir, o Checamos explica o que mudaria com o novo texto.

http://u.afp.com/MinistrosPEC

3 - ANIMAIS AFETADOS POR CHAMAS NA AUSTRÁLIA

Dois cangurus se abraçando, uma mãe coala segurando forte seu filhote, um canguru recém-nascido com olhar de gratidão: publicações compartilhadas centenas de milhares de vezes em redes sociais garantem que essas três imagens mostram animais afetados pelos incêndios que assolam a Austrália atualmente. As fotos são, no entanto, anteriores à tragédia que, segundo estimativas, já matou 1 bilhão de animais desde setembro de 2019.

http://u.afp.com/AnimaisAustralia

4 - ATRIZ TURCA OU FUNCIONÁRIA FANTASMA DO GOVERNO?

Publicações compartilhadas milhares de vezes nas redes sociais desde 19 de janeiro de 2020 afirmam que uma pessoa chamada Anieyl Gusmão Paiva seria uma funcionária fantasma do governo, recebendo 37 mil reais de salário e 28 mil reais em auxílios enquanto mora na Irlanda. No entanto, a foto utilizada para ilustrar a suposta denúncia é da atriz turca Tuvana Türkay, e não há registros da existência de uma servidora do governo chamada Anieyl Gusmão Paiva.

http://u.afp.com/AtrizTurca

afp/cb

Entretenimento