PUBLICIDADE
Topo

Música


Autópsia do rapper Juice WRLD revela overdose acidental de opioides

13.10.2019 - Rapper Juice WRLD se apresenta no festival Rolling Loud, em Nova York - Getty Images
13.10.2019 - Rapper Juice WRLD se apresenta no festival Rolling Loud, em Nova York Imagem: Getty Images

23/01/2020 00h18

Los Angeles, 23 Jan 2020 (AFP) - O rapper Juice WRLD morreu de overdose acidental de opioides, informou nesta quarta-feira (22) um médico legista de Chicago, um mês após a estrela em ascensão sofrer um ataque epilético em um dos aeroportos da cidade.

"O laboratório determinou que Higgins morreu como resultado da toxicidade da oxicodona e codeína", analgésicos poderosos da mesma família de medicamentos que a morfina e a heroína.

Antes de morrer, o artista de 21 anos, cujo nome real é Jarad Anthony Higgins, era aguardado por agentes de segurança no aeroporto de Midway, onde ele iria chegar em seu jato particular.

As autoridades, que tinham ordens para revistar a aeronave por suspeita de contrabando, encontraram no interior do aparelho drogas, armas e munições.

Ao ser abordado pelas autoridades, Juice teve um ataque epilético. Em seguida, um agente do FBI administrou nele duas doses de Narcan, um medicamento utilizado em situações de emergência, quando se suspeita que o paciente tem uma overdose de opioides, informou o jornal The Chicago Tribune.

O Narcan fez o rapper acordar, embora seu comportamento fosse incoerente.

O músico foi declarado morto em um hospital próximo, cerca de uma hora após o desembarque.

Música