Topo

Entretenimento


EUA autoriza "várias" empresas a vender componentes à chinesa Huawei

20/11/2019 19h41

Washington, 20 Nov 2019 (AFP) - Funcionários do governo americano disseram nesta quarta-feira que concordaram em outorgar licenças a "várias" empresas para que possam vender componentes ao gigante tecnológico chinês Huawei, que enfrenta sanções impostas por preocupações de segurança nacional.

Um porta-voz do Departamento de Comércio declarou à AFP que a agência havia outorgado "licenças limitadas para autorizar atividades limitadas e específicas que não representam um risco significativo para a segurança nacional ou não colocam em risco os interesses da política exterior dos Estados Unidos".

No entanto, o funcionário não especificou a que empresas foram outorgadas essas licenças, já que Trump não lhe informou pessoalmente.

No início da semana, o governo americano anunciou que havia adiado por 90 dias a implementação completa das sanções à Huawei, como parte de um esforço para facilitar a transição aos parceiros americanas da empresa chinesa.

O secretário de Comércio, Wilbur Ross, assegurou ao canal Fox Business Network que o ministério havia recebido cerca de 290 solicitações de permissão para negociar com a Huawei.

Ross acrescentou que qualquer isenção da proibição será permitida somente para sistemas mais antigos e não para redes 5G, assunto que tem gerado preocupações de segurança em Washington.

dt-rl/dw/gv/llu/cc

Entretenimento