Topo

Entretenimento


Ator Peter Fonda morre em Los Angeles aos 79 anos

17/08/2019 00h27

Los Angeles, 17 Ago 2019 (AFP) - O ator americano Peter Fonda, famoso por seu papel de motociclista no filme cult "Sem destino" ("Easy Rider", de 1969), cujo roteiro ele também assinou, morreu na manhã desta sexta-feira (16), aos 79 anos, em decorrência de um câncer no pulmão.

Fonda faleceu em casa, em Los Angeles, cercado pelo pelos parentes, informou o agente do artista.

"Enquanto lamentamos a perda deste homem doce e gracioso, também desejamos que todos celebrem seu espírito indomável e amor à vida", destaca o comunicado.

"Em homenagem a Peter, por favor, faça um brinde à liberdade".

Filho da lenda de Hollywood Henry Fonda e irmão mais novo da atriz Jane Fonda, Peter morreu de parada respiratória provocada por um câncer de pulmão.

Ele co-roteirizou e produziu "Sem Destino", no qual divide a tela com o diretor do filme Dennis Hopper e um jovem Jack Nicholson.

O filme de enorme sucesso tornou-se um clássico cult anti-establishment, e rendeu a Fonda uma indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Original.

O filme é apontado como um marco da contracultura e da produção independente.

Fonda interpretou no filme um motoqueiro - um papel de anti-herói que ele repetiu muitas vezes na carreira.

"'Sem Destino' retratou a ascensão da cultura hippie, condenou o establishment e celebrou a liberdade. Peter Fonda incorporou esses valores e os incutiu numa geração", escreveu a atriz Illeana Douglas no Twitter.

"O cinema independente começou com 'Sem Destino'", acrescentou.

"ÍCONE #PeterFonda", tuitou o ator Joseph Gordon-Levitt, que acompanhou sua mensagem com uma foto em preto e branco de Fonda em uma montanha vestindo uma jaqueta de couro com a bandeira dos Estados Unidos estampada nas costas.

"Descanse em paz", disse a diretora americana Ava DuVernay no Twitter, junto a uma selfie com Fonda de 2012.

Fonda interpretou no filme um motoqueiro - um papel de anti-herói que ele repetiu muitas vezes na carreira.

Para celebrar o 50° aniversário da estreia de 'Sem Destino", no dia 14 de julho de 1969, Peter Fonda planejava uma sessão em Nova York para o próximo dia 20 de setembro, com a presença dos músicos que participaram da célebre trilha sonora do filme, que incluía a inesquecível "Born to Be Wild", do grupo Steppenwolf.

Peter Fonda foi indicado novamente ao Oscar cerca de trinta anos depois, como melhor ator por "O Ouro de Ulisses" (1997), mas a estatueta ficou com Nicholson.

Seu último filme, "The Last Full Measure", com Samuel L. Jackson, Morgan Freeman e Laurence Fishburne, será lançado no final de outubro nos Estados Unidos.

Fonda começou a carreira em Nova York, em um teatro da Broadway

Ele também se envolveu com a causa ambientalista, ao co-produzir em 2012 o documentário "Petróleo: O Grande Vício", sobre as consequências do grande derramamento de óleo da empresa britânica BP no Golfo do México, após a explosão na plataforma Deepwater Horizon, em abril de 2010, que deixou 11 mortos.

No Festival de Cannes, em 2011, causou revolta ao chamar o então presidente dos EUA, Barack Obama, de "puto traidor" por sua gestão da crise provocada pelo acidente.

Fonda foi casado três vezes e deixa dois filhos, um deles a atriz Bridget Fonda.

amz/acb/lca

Mais Entretenimento