PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Tapete vermelho em rosa, metalizados e audácia na festa do Oscar

25/02/2019 06h11

Hollywood, Estados Unidos, 25 Fev 2019 (AFP) - Hollywood desfilou seu clássico glamour, com muito rosa e doses generosas de audácia no tapete vermelho do Teatro Dolby para a 91ª cerimônia de entrega do Oscar, neste domingo (24).

Muitas estrelas optaram pelo rosa, pálido ou brilhante, ou em gaze delicada, mas também não faltaram modelos metalizados, muitos terninhos e até um ousado smoking com saia. Masculino.

Seguem alguns destaques do visual das celebridades na noite máxima da indústria do cinema americano.

- Divas como antigamente -A atriz Glenn Close, indicada a melhor atriz por "A Esposa", com um modelo dourado e brilhante de Carolina Herrera de 19 quilos, segundo ela própria revelou ao canal E!.

"Estou emocionada pela grande quantidade de amor que estou recebendo", disse, sorridente, a atriz veterana, que em sua sétima indicação não conseguiu levar a estatueta, vencida pela britânica Olivia Colman ("A Favorita").

Regina King, que levou o prêmio de atriz coadjuvante, estava deslumbrante em um tomara-que-caia branco de Oscar de la Renta, com uma fenda que revelava sua perna esquerda e uma elegante cauda.

Yalitza Aparicio e Marina de Tavira, os rostos mais conhecidos do filme mexicano "Roma", chegaram juntas: a primeira com um vestido verde claro com predaria, decote assimétrico e ombro nu da Rodarte, e a segunda com um modelo J Mendel com joias de Lorraine Schwart.

Mas talvez quem mais tenha lembrado as grandes divas de Hollywood foi Lady Gaga, vencedora do prêmio de melhor canção original por "Shallow" de "Nasce uma Estrela", que também foi indicada na categoria melhor atriz. Ela escolheu não só um tomara-que-caia preto de Alexander McQueen com luvas altas, mas o destacou com um elegante coque banana.

- Rosa, rosa, rosa -O rosa predominou, mas em algumas destacou-se mais que em outras.

A atriz e modelo britânica Gemma Chan ("Podres de Ricos") optou por um Valentino fúcsia com camadas sobrepostas e colarinho em estilo vitoriano, que deixou muita gente boquiaberta.

O rosa cheguei também foi a opção da estrela de "Pantera Negra", Angela Bassett, com um vestido assimétrico da estilista libanesa Reem Acra e bolsa geométrica.

Linda Cardellini, de "Green Book", aderiu à onda rosa, com um vestido vaporoso, caindo em cascata com laço na cintura arrematando um decote generoso.

Até mesmo a japonesa, guru da organização, Marie Kondo, foi à festa de rosa, com um Jenny Packham com decote em V, todo de renda e adornado com flores de lantejoulas em rosa escuro e branco.

- Terninhos e metalizados -O terninho se impôs entre elas.

Melissa McCarthy, indicada a melhor atriz por "Poderia me perdoar?", optou por um elegante terninho preto com top branco, decotado e capa combinando, muito elogiado.

A comediante Amy Poehler usou terno preto de Alberta Ferretti, acompanhado de camisa preta, enquanto Elsie Fisher, de "Eighth Grade", também vestiu terninho preto, mas com camisa branca.

A atriz e rapper Awkwafina também apareceu de terninho, mas trocou o preto pelo metálico, com blusa com colarinho em laço e tom sobre tom.

O metalizado, aliás, marcou tendência, como nos vestidos longos e prateados de Brie Larson e Jennifer Lopez.

- A saia inesquecível -Mas não só as mulheres foram o centro das atenções.

Clássicos, vestindo smokings, apareceram Bradley Cooper, indicado a melhor ator por "Nasce uma estrela", e Viggo Mortensen, seu concorrente na mesma categoria por "Green Book - O guia".

Spike Lee, diretor de "Infiltrado na Klan" e vencedor do prêmio de roteiro adaptado, optou por um terno púrpura, com boina e óculos, como já havia feito no Globo de Ouro e nos prêmios BAFTA de cinema britânico.

O ator Stephan James, protagonista de "Se a rua Beale falasse", optou por um chamativo terno vermelho com botas brancas. Richard E. Grant, indicado a melhor ator coadjuvante por "Poderia me perdoar?", também escolheu o veludo bordô para seu smoking.

Mas quem roubou a cena foi o ator e cantor Billy Porter, vestindo um smoking preto de Christian Siriano que, no lugar da calça, acompanhava uma ampla saia. Inesquecível.

Entretenimento