PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

R.Kelly não pagou fiança e permanece preso, diz seu advogado

24/02/2019 21h06

Washington, 25 Fev 2019 (AFP) - O cantor R. Kelly permanecia preso neste domingo (24) por acusações de abuso sexual, pois não pagou fiança, disse seu advogado.

Um juiz de Chicago fixou a fiança em um milhão de dólares em uma audiência no sábado, da qual o cantor precisa pagar 10%, ou seja 100 mil dólares.

Mas veículos de comunicação locais reportaram que Kelly não fez o pagamento e permaneceu preso.

"Correto", confirmou à AFP Steve Greenberg, advogado do músico, consultado se seu cliente continuava preso. R. Kelly já passou duas noites na prisão.

Greenberg explicou no sábado que seu cliente não era tão rico quanto sua fama sugeria.

"Trata-se de alguém que deveria ser rico a esta altura de sua carreira e, por causa da má gestão através de pessoas oportunistas, maus contratos, maus tratos e locações, como o de seu estúdio, realmente não tem dinheiro neste momento", disse Greenberg.

R. Kelly foi preso na sexta-feira por acusações de abuso sexual contra quatro vítimas, inclusive três menores, entre 1998 e 2010.

Entretenimento