PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Francês Bruno Sialelli é novo diretor artístico da Lanvin

21/01/2019 12h18

Paris, 21 Jan 2019 (AFP) - A maison parisiense de alta-costura Lanvin anunciou, nesta segunda-feira (21), a nomeação do estilista francês Bruno Sialelli, de 31 anos, como seu novo diretor artístico.

Pouco conhecido do grande público, Sialelli terá a missão de dar novos ares para esta emblemática marca francesa comprada há um ano pelo conglomerado chinês Fosun.

"Sua capacidade de evoluir do universo masculino para o feminino será uma grande vantagem para Lanvin, em um momento no qual a indústria do luxo tende a apagar as fronteiras entre os sexos", declarou o grupo francês em um comunicado.

Bruno Sialelli trabalhou para as coleções masculinas da Loewe (grupo LVMH) e para as coleções femininas de Balenciaga, Acne Studios e Paco Rabanne.

Mais antiga casa de moda francesa ainda em atividade, a Lanvin tinha dificuldades econômicas significativas desde a saída, em 2015, de seu estilista estrela Alber Elbaz, após 14 anos no posto.

Fosun adquiriu em fevereiro de 2018 participação majoritária no capital de Lanvin. O valor exato da transação não foi revelado.

Antes, 75% do capital da Lanvin estava nas mãos de Shaw Lan Chu-Wang, uma empresária de Taiwan, e de Ralph Batel, um empresário alemão. Ambos mantêm participação minoritária.

kd/meb/mb/tt

Entretenimento