Topo

Entretenimento


"Nasce uma estrela" e Alfonso Cuarón favoritos no Globo de Ouro

06/01/2019 21h33

Los Angeles, 6 Jan 2019 (AFP) - "Nasce uma estrela", com a cantora Lady Gaga, e "Roma", um filme do diretor mexicano Alfonso Cuarón, são os favoritos neste domingo (6) para Globo de Ouro, que inaugura a temporada de premiações em Hollywood e, por vezes, traçam o caminho para o Oscar.

As primeiras estrelas do cinema e da televisão começaram a desfilar pelo tapete vermelho do Beverly Hilton cerca de duas horas antes do início da cerimônia, que será televisionada a partir das 17h00 (23h00 no horário de Brasília).

Entre os primeiros a chegar estavam os apresentadores da cerimônia, os atores Andy Samberg e Sandra Oh ("Grey's Anatomy", "Killing Eve"), que usava um vestido branco.

Outras artistas usavam rosa, dourado, verde e vermelho: a cor volta, assim, ao Globo de Ouro, um ano depois do preto dominar o tapete vermelho, em um protesto organizado pelos movimentos MeToo e Time's Up contra os abusos sexuais e para exigir mais igualdade de gênero na indústria do entretenimento.

Cobiçado, o Globo de Ouro tradicionalmente serve como uma ferramenta de previsão para o Oscar. Mas é um termômetro bastante incerto.

As previsões são difíceis porque, ao contrário do Oscar ou outros eventos, não são profissionais do cinema que votam, mas as poucas centenas de membros da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA).

"O Globo de Ouro é imprevisível, e é isso que o torna tão divertido. Mas este ano, os indicados nas principais categorias, todos têm muito mérito, então tudo é possível", disse à AFP Paul Dergarabedian, analista para a empresa especializada Comscore.

Embora "Vice", um retrato do vice-presidente americano Dick Cheney, lidere o caminho com seis indicações, a maioria dos especialistas em Hollywood apostam em "Nasce uma estrela" e sua dupla de atores (Lady Gaga e Bradley Cooper), que têm boas chances de vitória.

As versões anteriores (1954 e 1976) deste filme datado inicialmente de 1937 receberam vários Globos de Ouro e os críticos acreditam que este não fugirá da regra. Não descartam, no entanto, "uma grande surpresa" vinda de "Pantera Negra" ou "Infiltrado na Klan".

O Globo de Ouro de melhor filme em língua estrangeira deve ir para "Roma", do mexicano Alfonso Cuarón (vencedor do Oscar por "Gravidade" em 2014), que também compete na categoria de "melhor diretor".

"Cuarón recebeu uma avalanche de elogios por 'Roma', e se há um favorito nesta edição do Globo de Ouro, é ele", diz Dergarabedian.

Os que disputam com o cineasta mexicano o prêmio de melhor diretor são Spike Lee ("Infiltrado na Klan"), Peter Farrelly ("Green Book"), Adam McKay ("Vice") e Cooper, que fez sua estreia atrás das câmeras com "Nasce uma Estrela", dirigindo a si próprio.

Para os especialistas entrevistados pelo site de previsão de prêmios Gold Derby, "Nasce uma Estrela" é uma certeza para o melhor filme de drama, mas Cuarón levará para casa o prêmio de melhor diretor.

- Disputa acirrada para comédia ou musical -Diferentemente do Oscar, os Globos de Ouro têm categorias paralelas para filmes de drama e de comédia ou musical - o que significa duas vezes mais prêmios, e uma chance para os que votam no Oscar considerarem uma gama maior de desempenhos.

Gaga poderia ser duas vezes vencedora, com indicações nas categorias de melhor atriz de filme de drama e de melhor canção original, com o hit do filme, "Shallow".

"Nasce uma Estrela" conta a história de um roqueiro (Cooper) que descobre uma cantora e compositora (Gaga) e a impulsiona para o estrelato, enquanto ele está sucumbindo ao álcool e a seus demônios interiores.

Para o prêmio de melhor ator de filme de drama, Cooper é um dos favoritos ao lado de Rami Malek, que interpreta o vocalista do Queen, Freddie Mercury, no filme biográfico "Bohemian Rhapsody".

O leque nas categorias de comédia ou musical é mais amplo.

Além de "Vice", os principais concorrentes incluem a comédia real "The Favorite", a comédia dramática sobre direitos civis "Green Book" e a sequência da Disney "O Retorno de Mary Poppins".

O ator galês Christian Bale, quase irreconhecível como Cheney, é o favorito ao prêmio de melhor ator de comédia ou musical, mesmo que as críticas contraditórias que o filme recebeu tenham prejudicado suas chances gerais de premiação.

Mas ele enfrenta a forte concorrência de Viggo Mortensen, que contracena com Mahershala Ali em "Green Book" - a história de um pianista negro nos Estados Unidos dos anos 1960 que contrata um segurança ítalo-americano como motorista para uma turnê pelo Sul racialmente dividido.

Na categoria de melhor atriz de filme de comédia ou musical, Olivia Colman, que interpreta Queen Anne em "The Favorite", disputa com Emily Blunt, que encarna a mágica babá britânica.

- Novos rostos nas categorias de TV -O Globo de Ouro também homenageia o melhor da televisão, e pode parecer um pouco redundante após o Emmy de setembro, repetindo muitos dos seus indicados.

O vencedor do Emmy "O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story", por exemplo, lidera o número de indicações no Globo de Ouro, com quatro.

Mas o Globo de Ouro também olha para os programas que foram ao ar tarde demais para a disputa do Emmy.

A minissérie da HBO "Sharp Objects", o drama da Amazon "Homecoming", estrelado por Julia Roberts, e a comédia "The Kominsky Method", da Netflix, foram indicados.

Mais Entretenimento