Topo

Entretenimento


Morre o escritor israelense Amos Oz aos 79 anos

2018-12-28T13:10:00

28/12/2018 13h10

Jerusalém, 28 dez 2018 (AFP) - O célebre escritor israelense Amos Oz, um apaixonado defensor da paz e cuja autobiografia romanceada "Uma história de amor e trevas" se converteu em um sucesso mundial, morreu nesta sexta-feira aos 79 anos, anunciou sua filha.

Fania Oz-Salzberger indicou no Twitter que seu pai morreu em consequência de um câncer, e expressou sua gratidão a seus admiradores.

A morte de Amos Oz é "uma perda para todos nós e para o mundo", declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Israel, Emmanuel Nahshon.

Amos Oz nasceu em Jerusalém em 4 de maio de 1939, em uma família de origem russa e polonesa.

Aclamado em seus primeiros dias como o "Camus israelense", o escritor, fervoroso ativista da paz em relação aos palestinos, denunciou nos últimos anos a política do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, protestando contra o que ele descreveu como "extremismo crescente do governo".

Vencedor do prestigioso Prêmio Goethe 2005 na Alemanha, também recebeu o Prêmio Israel de Literatura em 1998, o Prêmio Mediterrâneo (Estrangeiro) em 2010 e o Prêmio Franz Kafka em 2013.

Casado e pai de três filhos, Amos Oz foi muito apreciado por israelenses, especialmente por seu humor.

dms-mjs/rsc/me/age/cn

Mais Entretenimento