Topo

Música


Cantora Miúcha morre aos 81 anos

Cantora Miúcha - Divulgação/Walter Craveiro
Cantora Miúcha Imagem: Divulgação/Walter Craveiro

Brasília (DF)

27/12/2018 22h21

A cantora e compositora Miúcha, irmã de Chico Buarque, morreu nesta quinta-feira no Rio de Janeiro aos 81 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória.

Segundo a Agência Brasil, a cantora, que vinha lutando contra o câncer há anos, foi internada no Hospital Samaritano e morreu no final da tarde.

Heloisa Maria Buarque de Holanda, mais conhecida como Miúcha, veio de uma família de prestígio do mundo da música e da literatura brasileiras.

Era filha do historiador e jornalista Sérgio Buarque de Holanda, autor de "Raízes do Brasil", e da pianista Maria Amélia Cesário Alvim, e irmã Chico Buarque e das cantoras Ana de Hollanda, ex-ministra da Cultura, e Cristina Buarque.

Nascida no Rio de Janeiro, com 40 anos de carreira e 14 álbuns, viveu uma temporada na França e foi casada por oito anos com o músico baiano João Gilberto, considerado um dos pais da bossa nova, que conheceu na Itália graças à chilena Violeta Parra.

Desse casamento nasceu, em Nova York, a também cantora e compositora Bebel Gilberto, que publicou nas suas redes várias fotos com seus pais.

Miúcha, que transitou principalmente entre a bossa nova, o samba e a MPB estreou em 1976 como cantora no álbum "O melhor dos dois mundos", uma colaboração entre João Gilberto e o saxofonista americano Stan Getz.

Ela era mais conhecida como intérprete, especialmente por suas colaborações com Tom Jobim, com quem lançaria em 1979 um de seus álbuns mais bem sucedidos, "Miúcha e Tom Jobim".

Também dividiu o palco com outros grandes nomes da música brasileira, como Vinícius de Moraes e Toquinho. Atuou ainda como compositora, com sucessos como "Triste Alegria" e "No Carnaval de Olinda".