PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Leiloada carta de Baudelaire anunciando seu suicídio

Retrato do poeta francês Charles Baudelaire, autor de obras como "Flores do Mal" - Dibulgação
Retrato do poeta francês Charles Baudelaire, autor de obras como "Flores do Mal" Imagem: Dibulgação

04/11/2018 16h02

Uma carta da juventude do poeta francês Charles Baudelaire anunciando a sua intenção de se suicidar foi vendida neste domingo (4) por 234.000 euros (US$ 269 mil), o triplo do preço estimado, em um leilão perto de Paris de cartas do autor de "As Flores do Mal".

A estrela da venda foi esta carta de Baudelaire, datada de junho de 1845, dirigida a sua amante Jeanne Duval, e que era estimada entre 60.000 e 80.000 euros.

Agora fará parte de uma coleção particular francesa, segundo a casa de leilões Osenat, situada em Fontainebleau, perto de Paris.

"Quando a senhorita Jeanne Lemer receber esta carta, eu estarei morto (...) Me mato porque não posso mais viver, pois o cansaço ao me deitar e o cansaço ao acordar são insuportáveis para mim", escreveu o poeta.

Baudelaire se apunhalou, mas sem graves consequências. Tinha então 24 anos e viveu outros 22. Morreu em 1867, devastado pela sífilis.

Outras cartas de Baudelaire também estão à venda. E fazem parte da coleção de cartas escritas por Barbey d'Aurevilly, Delacroix, Victor Hugo e Manet.

Entretenimento