PUBLICIDADE
Topo

Arábia Saudita diz que assassinos de jornalistas devem prestar contas

23/10/2018 10h47

Riade, 23 Out 2018 (AFP) - A Arábia saudita assegurou que todas as pessoas envolvidas no assassinato do jornalista Jamal Khashoggi terão de prestar contas "sejam quem forem".

"O reino tomou medidas para descobrir a verdade e castigar os responsáveis envolvidos diretamente [no assassinato] e as pessoas que não cumpriram suas responsabilidades", indica uma declaração publicada pela agência oficial SPA após a reunião semanal do governo saudita.

Mais cedo, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan pediu que todos os que desempenharam um papel no assassinato do jornalista sejam julgados em Istambul. Também afirmou que o crime foi "premeditado", o que contradiz a versão de Riad.