Topo

Entretenimento

Festival no oeste da França celebra o orgulho de ser ruivo

25/08/2018 17h21

Châteaugiron, França, 25 Ago 2018 (AFP) - Vermelho, alaranjado, louro veneziano... Todos os matizes de ruivo se reuniram neste sábado (25) em Châteaugiron (oeste) por ocasião da primeira edição do "Red Love", festival destinado a "demonstrar o orgulho" de ter cabelos dessa cor.

"Nasci ruivo, vou continuar assim e sou bonito como todos em volta de vocês!", resume Simon, um agricultor de 32 anos, que participa da manifestação para encontrar "gente como a gente".

"Riam de mim quando era criança: me chamavam de cabelo de cenoura", lembra. "Igual ao que fazem com os gordos", diz.

Este tipo de festival não é incomum na Europa. Liam Fife e outros três amigos se conheceram o "Roodharigendag", a maior manifestação mundial dedicada a ruivos, celebrada todos os anos na Holanda.

"Até os 15 anos foi horrível", conta Liam, que tem uma longa barba ruiva.

"Você fede, é feio", foram algumas das ofensas que Liam teve que escutar. Depois, "conquistou mais confiança" e vai de festival em festival celebrar o orgulho de ser ruivo. "Quando vejo uma criança assim, dou força, o incentivo, não quero que viva o mesmo isolamento", afirma.

Com topetes, dreadlocks, curtos ou longos... Todo tipo de cabelo passou no enorme terreno cedido pela prefeitura de Châteaugiron para o evento.

Os shows e espetáculos se sucederam ao longo do dia, entre eles um desfile de 18 ruivas em vestidos de noiva.

Umas 1.200 pessoas participaram do evento, afirmou um dos organizadores, Pascal Sacleux.

Mais Entretenimento