PUBLICIDADE
Topo

Jornalista de Watergate aborda presidência de Trump em novo livro

Nos EUA, Bob Woodward, um dos jornalista do caso Watergate - Jim Watson/AFP
Nos EUA, Bob Woodward, um dos jornalista do caso Watergate Imagem: Jim Watson/AFP

Em Washington (EUA)

31/07/2018 06h15

Bob Woodward, um dos jornalistas que revelou o escândalo Watergate, que provocou a renúncia de Richard Nixon à presidência dos Estados Unidos em 1974, aborda o governo de Donald Trump em seu livro mais recente.

"Fear: Trump in the White House" (Medo: Trump na Casa Branca) "revela com detalhes sem precedentes a vida angustiante dentro da Casa Branca de Donald Trump e como o presidente toma decisões sobre as principais políticas internas e externas", anunciou a editora Simon & Schuster.

O governo de Trump, que tem menos de dois anos, registra a saída de vários altos funcionários e é marcado por vários escândalos, além das dúvidas a respeito de um possível conluio com a Rússia para vencer as eleições.

Woodward e Carl Bernstein lideraram a equipe do jornal The Washington Post que investigou a violação dos escritórios do Partido Democrata no hotel Watergate para instalar microfones, o que provocou um escândalo que terminou por forçar a renúncia do presidente Nixon, submetido a um julgamento político.

O livro, o mais recente de uma série de Woodward - que continua trabalhando para o Washington Post - sobre as presidências americanas, será lançado em 11 de setembro.