PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Alphabet instalará no Quênia primeiros balões para oferecer Internet em áreas remotas

19/07/2018 18h36

San Francisco, 19 Jul 2018 (AFP) - A primeira instalação comercial do projeto Loon, que oferece Internet por meio de balões aerostáticos e que foi desenvolvido pela Alphabet, matriz da Google, será feita no Quênia, anunciou o gigante tecnológico nesta quinta-feira (19).

Em parceria com Telkom Kenya, o Loon oferecerá serviço de Internet dos balões aerostáticos situados a uma grande altura e cujos trajetos serão supervisionados de forma a manter essa cobertura, informou Loon, uma nova unidade independente de negócios da Alphabet.

Regiões do centro do Quênia começarão a receber os benefícios deste projeto a partir do ano que vem, de acordo com o executivo da Loon Alastair Westgarth, que afirmou que o objetivo da empresa é "conectar as pessoas em qualquer lugar".

"Não poderíamos estar mais emocionados de começar essa aventura no Quênia, e esperamos poder trabalhar com outras companhias de rede de telefonia móvel em todo o mundo para oferecer essa opção", disse Westgarth em um blog.

Na semana passada, a Alphabet anunciou que estava adiantando dois projetos deste tipo, o dos balões aerostáticos (Loon) e outro no qual utilizarão drones, chamado Wing.

Wing e Loon têm sido parte da fábrica da Alphabet conhecida como X, que desenvolve projetos com potencial para entrar em novos setores.

Loon esteve testando uma rede de balões que viaja pelo Espaço para levar a conectividade da Internet a zonas remotas ou atingidas por algum desastre.

No mês passado, o Facebook culminou seu plano de produzir uma frota de drones que oferecerá cobertura de Internet em áreas remotas do planeta, afirmando que continuará trabalhando neste tipo de projeto com vários sócios, incluindo Airbus.

Entretenimento