PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Em meio a escândalo, tradicional show do prêmio Nobel da Paz é cancelado

A ex-secretária do Nobel Sara Danius anuncia saída do cargo - Vilhelm Stokstad/AFP/Getty Images
A ex-secretária do Nobel Sara Danius anuncia saída do cargo Imagem: Vilhelm Stokstad/AFP/Getty Images

De Oslo (Noruega)

03/07/2018 17h22

O tradicional show que encerra anualmente a cerimônia do prêmio Nobel da Paz em 10 de dezembro, em Oslo, não será celebrado em 2018 por falta de recursos econômicos, anunciaram os organizadores nesta terça-feira (3).

"Não haverá concerto do prêmio Nobel da paz este ano", informaram em um comunicado conjunto o instituto Nobel norueguês, a Warner Bros. e a empresa organizadora de eventos Gyro.

"Esta decisão se deve à vontade de repensar o formato e o conteúdo do concerto, mas também reflete as dificuldades financeiras" que o evento tem enfrentado nos últimos anos, destacaram.

As audiências deste show, transmitido ao vivo pela TV norueguesa e financiado por mecenas privados já não são tão importantes na era dos smartphones e seus patrocinadores querem refletir sobre a forma "de produzi-lo em diferentes plataformas".

Segundo o jornal Dagbladet, a macro-empresa de distribuição norueguesa, Rema 1000, decidiu não patrocinar mais o show, cuja realização levaria a uma falta de recursos que os organizadores não poderiam superar.

Desde sua primeira edição em 1994 no Oslo Spektrum, o concerto Nobel contou com uma centena de artistas do pop mundial, de Whitney Houston a Lady Gaga.

Entretenimento