Topo

Entretenimento

Corpete: nova aposta de Galliano para os homens

22/06/2018 17h26

Paris, 22 Jun 2018 (AFP) - John Galliano deu um passo à frente em Paris em direção à completa fusão de gêneros, com homens desfilando corpetes, plumas e lenços, em uma tentativa de redefinir "uma nova masculinidade" para a Maison Margiela.

Enquanto Madeleine Vionnet e Paul Poiret foram os primeiros estilistas a libertar a mulher do corpete, o designer britânico o adaptou para o vestuários masculino em sua nova coleção:usado como um cinto cor de carne sobre um blazer escuro ou com estampa de leopardo e calça rosa de vinil.

A seda também tem sua vez, em looks transparentes com camisa ou jaqueta, muitas vezes imobilizando os braços dos modelos. Galliano, que disse refletir sobre "a maneira de redefinir uma nova masculinidade", anunciou que sua próxima coleção, em setembro, será mista.

- Lenços para eles -No desfile misto da marca nipônica Mihara Yasuhiro, eles desfilaram com fitas métricas suspensas, assim como etiquetas, cordões e suspensórios. Elas ganham em altura, com generosas plataformas.

O homem mais uma vez se apropria de uma peça típica do vestuário feminino: o lenço, que é usado aberto, caindo pela lapela.

- Isso é um assalto! -A marca japonesa Yoshiokubo decidiu imaginar "o pior cenário", como um assalto a banco, para criar uma coleção com looks estampados com fotografias de ladrões em fuga.

Uma jaqueta transparente apareceu cheia de notas, assim como uma maleta em que se vê uma grande quantia em seu interior. Os tecidos são brilhantes e o branco é o protagonista, mas também surgem flores e rendas com pedraria. O desfile aconteceu fora do programa oficial da Semana de Moda Masculina.

Para Yoshiokubo, o homem se veste com conforto, com calças curtas, meias brancas e sapatilhas pretas de veludo.

alm-app/eg/cr

Mais Entretenimento