Topo

Entretenimento

Sinfônica de Londres fará inédita turnê sul-americana em 2019

04/05/2018 16h51

Nova York, 4 Mai 2018 (AFP) -

A Orquestra Sinfônica de Londres, uma das instituições clássicas que mais viajou pelo mundo, anunciou nesta sexta-feira (4) que visitará a América do Sul pela primeira vez.

Dirigida por Simon Rattle, a principal orquestra britânica viajará em maio de 2019 a Argentina, Chile, Colômbia e Peru, indicou o músico.

A orquestra fará 60 concertos no exterior na temporada 2018-19, e planeja uma nova turnê importante pela Ásia este ano. Até agora, havia evitado a América do Sul, uma decisão que no passado estava relacionada, em grande parte, a preocupações com a segurança de seus membros.

A orquestra fez o anúncio em Nova York, onde apresentará as três sinfonias tardias de Gustav Mahler a partir de sexta-feira.

"Mahler foi o primeiro que me fez desejar ser diretor de orquestra. Sou da geração que pode lembrar quando Mahler era novo e maravilhoso", disse Rattle a jornalistas antes dos concertos.

Rattle, de 63 anos, disse que Mahler foi pouco tocado na Grã-Bretanha até a década de 1960 e que, ao escutar sua transcendental Sinfonia n° 3, "todos nós pensamos que os céus haviam se aberto".

Mais Entretenimento