Topo

Música

De olho na carreira política, Kanye West diz "amar" Donald Trump

Reprodução/Twitter
Usando boné da campanha de Trump, Kanye West posa com dois homens desconhecidos Imagem: Reprodução/Twitter

De Nova York (EUA)

25/04/2018 18h13

O astro do rap Kanye West expressou nesta quarta (25) seu apoio a Donald Trump, tuitando seu "amor" pelo presidente e dando indícios de suas ambições políticas, após seu novo conservadorismo causar surpresa.

Constantemente na mídia, Kanye West retornou na semana passada ao Twitter - sua rede social favorita, e também de Trump um ano após desaparecer, quando cancelou uma turnê e procurou tratamento por conta de um colapso mental.

Em um grande número de tuítes, ao estilo de Trump, o rapper e designer de 40 anos anunciou dois novos álbuns, se gabou das vendas de sua linha de tênis e mostrou sua admiração pela comentarista conservadora da TV Candace Owen.

Após muitas críticas por sua inclinação política, West tuitou: "Você não tem que concordar com Trump, mas a multidão não pode me fazer não amá-lo".

"Nós dois temos temos uma 'energia de dragão'. Ele é meu irmão. Eu amo a todos. Não concordo com tudo o que qualquer um faz. Isso é o que nos torna individuais. E nós temos o direito de ter pensamentos independentes".

Trump, que raramente saúda publicamente as celebridades por seus pontos de vista, comentou em um retuíte: "Obrigado Kanye, muito legal!".

Kanye West, que tem uma atitude incomum ao apoiar Trump tanto por ser afro-americano como celebridade, declarou sobre a adversária de Trump em 2016, Hillary Clinton: "Não digo a um partidário de Hillary que não apoie Hillary. Eu também amo a Hillary".

O rapper publicou uma foto sua com um boné vermelho com a marca registrada de Trump, "Make America Great Again", e declarou que sua esposa, a estrela de "reality show" Kim Kardashian, queria que ele esclarecesse que não concorda com Trump em tudo.

West renovou as especulações de que tentará um cargo mais alto ao tuitar "2024", ano da eleição presidencial.

Muito parecido com Trump, o rapper também teve problemas com a cobertura da mídia sobre suas ações e tuitou para o fundador do site de celebridades TMZ: "A audiência de seu futuro presidente".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!