Topo

Entretenimento

Google aumenta controles de privacidade em atualização do Gmail

25/04/2018 16h23

San Francisco, 25 Abr 2018 (AFP) -









A Google aumentou nesta quarta-feira (25) os controles de privacidade do Gmail, uma mudança dirigida em princípio às empresas que usam suas ferramentas de trabalho alojadas na nuvem da Internet.

O Gmail "totalmente novo" está disponível para as mais de quatro milhões de empresas que pagam pelos serviços da G Suite.

Os clientes que usam o serviço gratuito de e-mail pessoal podem escolher os novos controles nas configurações, declarou o vice-presidente de Gestão de Produtos, David Thacker, em uma publicação de blog.

O novo Gmail tem "um aspecto completamente novo na web, funções de segurança avançadas, novos aplicativos de inteligência artificial da Google e, inclusive, mais integração com outros aplicativos da G Suite", disse Thacker.

O modo confidencial acrescentado ao Gmail permite aos usuários que enviam mensagens estabelecer datas para que sejam automaticamente excluídas e, assim, evitar que sejam reenviadas, copiadas, baixadas ou impressas.

Segundo Thacker, remetentes podem cancelar um e-mail já enviado e exigir que o acesso a uma mensagem seja feito somente por meio de um código de segurança enviado por mensagem de texto ao celular.

Pelo fato de poder "exigir autenticação adicional por mensagens de texto para ver um e-mail, também é possível proteger os dados, inclusive se a conta de e-mail de um destinatário for hackeada enquanto a mensagem está ativa", assegurou Thacker.

O modo confidencial começará a ser aplicado aos usuários do Gmail e a um número limitado de clientes da G Suite nas próximas semanas, de acordo com a Google.

A inteligência artificial aplicada ao novo Gmail inclui serviços para lembrar às pessoas de responder mensagens esquecidas e sugestões de respostas automáticas.

"O Gmail também pode recomendar quando sair de uma lista de e-mail", assinalou Thacker.

"Usando a inteligência, as sugestões para cancelar a assinatura aparecem em função de indicações como quantos e-mails um remetente recebe e quantos deles ele realmente lê".

GOOGLE

APPLE INC.

MICROSOFT

AMAZON.COM

Mais Entretenimento