PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento

Trump felicita a comediante Roseanne por sua audiência

29/03/2018 16h55

Nova York, 29 Mar 2018 (AFP) - A volta do sitcom "Roseanne" registrou índices de audiência excelentes e sua protagonista, eleitora de Donald Trump, recebeu, inclusive, uma ligação de felicitações do presidente dos Estados Unidos.

Os dois primeiros episódios, transmitidos na terça-feira pelo canal ABC após um período de 21 anos, foram vistos em média por 18 milhões de pessoas, a comédia com mais telespectadores em mais de três anos, segundo a imprensa.

A série conta a vida de uma família de classe operária americana e também de simpatizantes de Trump, que sempre foram amplamente ignorados por Hollywood.

Roseanne Barr, que expressou publicamente seu apoio a Trump, contou como o presidente ligou para parabenizá-la.

"Disseram: 'por favor, aguarde o presidente dos Estados Unidos da América' e isso foi muito emocionante, muito, muito gentil de sua parte felicitar0nos", afirmou Barr no programa televisivo Good Morning America.

"Ele simplemente está feliz por mim. Eu o conheço há muitos anos e ele fez coisas muito boas para mim ao longo dos anos. Dessa forma, foi uma conversa amigável sobre trabalho, televisão e índices de audiência", explicou.

A comédia, pouco conhecida no Brasil, mostra Roseanne como a matriarca de classe operária do clã Conner, cujo contraponto é sua irmã Jackie, interpretada pela vencedora de vários Emmys Laurie Metcalf, mais conhecida como a mãe de Sheldon Cooper, na comédia "The Big Bang Theory".

Na vida real, Metcalf votou na candidata do Partido Verde, Jill Stein.

Entretenimento