PUBLICIDADE
Topo

Poemas de Lou Reed escritos após saída do Velvet Underground vão virar livro

O músico Lou Reed - Reprodução
O músico Lou Reed Imagem: Reprodução

Nova York (EUA)

02/03/2018 18h38

Lou  Reed, o lendário músico de rock morto em 2013, falou muito pouco sobre o ano após sua saída do Velvet Underground para viver com seus pais. Mas ele estava escrevendo poemas, que em breve serão publicados como um livro, anunciou nesta sexta-feira (2) o Arquivo Lou Reed.

O anúncio da edição do primeiro livro do artista, "Do Angels Need Haircuts?", ("Os anjos precisam de cortes de cabelo?", em tradução livre), uma compilação de poemas escritos entre 1970 e 1971, foi feito no dia em que Reed teria comemorado seu aniversário de 76 anos.

O livro, que sairá à venda em abril, oferece "uma janela sobre um capítulo pouco conhecido da vida de uma das vozes mais intransigentes da cultura popular americana", indicou a editora.

O texto estará acompanhado de uma gravação de Reed recitando seus poemas na igreja de São Marcos do East Village de Nova York.

The Velvet Underground, que lançou seu primeiro disco em 1967, produzido por Andy Warhol, comoveu a cena musical mundial com uma nova sensibilidade artística e com temas como as drogas e os desvios sexuais, até então impensáveis.

Reed abandonou o Velvet Underground pouco antes do lançamento do quarto álbum de estúdio do grupo, "Loaded", em 1970. As tensões tinham ido aumentando entre ele e o baixista Doug Yule, que o substituiu como vocalista.

Reed, que então já era famoso na cena underground mas tinha ganhado pouco dinheiro, voltou em 1970 à casa da sua família em Long Island e trabalhou como datilógrafo na empresa de contabilidade de seu pai.

Em 1972, começou uma bem-sucedida carreira solo, gravando em Londres com o apoio de outra estrela do rock, David Bowie.

Reed morreu de doença hepática em 2013, quando tinha 71 anos.