Topo

Entretenimento

Grupo chinês Fosun adquire participação majoritária na Lanvin

22/02/2018 07h20

Paris, 22 Fev 2018 (AFP) - O conglomerado chinês Fosun adquiriu uma participação majoritária no capital da casa de modas francesa Lanvin - anunciaram ambos os grupos em nota divulgada nesta quinta-feira (22).

Até agora, 75% do capital da Lanvin estava nas mãos de Shaw Lan Chu-Wang, uma empresária baseada em Taiwan, e de Ralph Batel, um empresário alemão. Ambos manterão uma participação minoritária.

A Lanvin é a mais antiga casa de moda francesa ainda em atividade.

Há vários anos, a empresa tem dificuldades econômicas e não conseguiu se estabilizar desde a saída do estilista israelense Alber Elbaz em outubro de 2015.

Segundo os últimos resultados anuais, a marca registrou uma perda de 20,3 milhões de euros em 2016.

ef/meb/ra/tt

FOSUN INTERNATIONAL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento