Topo

Música

Quincy Jones diz que Michael Jackson plagiou canções

Divulgação/Seattle Times
O produtor Quincy Jones (esq.) e o compositor Rod Temperton (dir.) trabalham com Michael Jackson (centro) no estúdio, após o lançamento de "Thriller" Imagem: Divulgação/Seattle Times

Em Nova York

08/02/2018 00h37

Quincy Jones, o lendário produtor musical que esteve por trás de grandes sucessos de Michael Jackson, disse que o falecido Rei do Pop plagiou alguns de seus sucessos.

"Odeio entrar nisto publicamente, mas Michael roubou muitas coisas. Roubou muitas canções", disse Jones em uma entrevista ao Vulture, o site de cultura da revista "New York".

"As notas não mentem. Foi tão maquiavélico quanto é possível ser", disse o músico de 84 anos.

Citou especificamente "Billie Jean" - uma canção assinada por Jones - e da produção "Thriller", o álbum mais vendido de todos os tempos, sugerindo semelhanças com "State of Independence", de Donna  Summer, que também foi produzida por ele e lançada meses antes, em 1982.

Jones também disse que Jackson era "ganancioso" e deveria ter dado crédito parcial da autoria de "Do not Stop 'Til You  Get  Enough" ao tecladista Greg Phillinganes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!