Topo

Música

Lana del Rey: "Nervosa" após prisão de homem que quase a sequestrou

Hannah McKay/Reuters
Lana del Rey posa com vestido florido e com fenda no tapete vermelho do EMA (Europe Music Awards), premiação da MTV realizada na arena de Wembley, em Londres Imagem: Hannah McKay/Reuters

Nova York (EUA)

06/02/2018 21h09

A cantora Lana del Rey chorou durante um show e disse que estava nervosa depois que a polícia prendeu um indivíduo que supostamente queria sequestrá-la.

A artista de 32 anos disse que se sentia "um pouco mais sensível do que pensava" no começo de um show em Atlanta na noite de segunda-feira.

"Me sentia muito bem e logo fiquei um pouco nervosa, assim que subi no palco", contou a artista, limpando a face com as mãos e caminhando pelo palco, enquanto recebia apoio do público.

"Só quero dizer que estou muito feliz de estar com vocês. Estou um pouco frágil, tenham paciência", acrescentou.

A cantora se referiu a um incidente que ocorreu pouco antes de um show na sexta-feira em Orlando, onde a polícia prendeu Michael Hunt, de 43 anos, depois de detectar que havia publicado mensagens ameaçadoras nas redes sociais.

Hunt foi preso perto do local do show, portando um ingresso e uma faca, segundo a polícia.

O homem foi detido por tentativa de sequestro com uma arma e assédio agravado com uma ameaça concreta, apontaram os documentos da corte.

Em sua conta do Facebook, Hunt demonstrou obsessão permanente por Del Rey, misturada com advertências apocalípticas sobre o mundo e sua indignação por um grupo de ciclistas nudistas.

O homem também publicou a música "I Still Love Him" (Ainda o amo) de Del Rey e insinuou que se referia a ele.

"Te amo tanto Lana (...) Não posso esperar para voltar a teus braços em alguns dias", escreveu Hunt. Todos saberão no show "quem eu sou quando eu chegar".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!