Topo

Entretenimento

Facebook termina 2017 em forma, apesar do menor tempo de conectividade

01/02/2018 09h33

San Francisco, 1 Fev 2018 (AFP) - O Facebook encerrou 2017 com bons resultados financeiros, mas reconheceu que seus usuários gastam menos tempo na rede social devido às mudanças recentes.

"2017 foi um ano sólido para o Facebook, mas também um ano difícil", admitiu o presidente, Mark Zuckerberg, citando, em particular, o debate sobre as redes sociais e a confiabilidade das notícias publicadas nelas.

"Em 2018 queremos assegurar que o Facebook não é apenas divertido de usar, mas também é bom para o bem-estar das pessoas e da sociedade", declarou Zuckerberg durante uma teleconferência com analistas para anunciar os resultados.

O lucro líquido para o quarto trimestre de 2017 foi de 4,3 bilhões de dólares, uma alta de 20% e de quase 16 bilhões de dólares no ano (+56%).

O grupo informou que teve uma carga fiscal excepcional de 2,27 bilhões de dólares no fim do ano e que sem esta quantia, o lucro ajustado teria sido de 2,21 bilhões de dólares, melhor que o esperado pelos analistas.

A conta trimestral subiu 47% para 13 bilhões de dólares, também melhor que o esperado.

A ação do Facebook caiu mais de 4% após a publicação dos resultados, mas recuperou terreno e até aumentou um pouco, chegando a 188,90 dólares nas operações posteriores ao fechamento de Wall Street.

Por outro lado, a quantidade de usuários mensais esteve alinhada com o esperado, em 2,13 bilhões de dólares.

Há meses, as redes sociais estão no centro das atenções, particularmente o Facebook, por ter permitido a divulgação de informações falsas ou distorcidas em suas páginas, especialmente durante a campanha presidencial americana 2016.

Diante das críticas, o Facebook lançou várias mudanças na forma como seleciona seu conteúdo, como limitar a presença de vídeos virais.

Mas, ao mesmo tempo, essas modificações causaram uma queda de 5% no tempo gasto pelos usuários na rede social no último trimestre de 2017, segundo indicou Zuckerberg.

Também anunciou uma queda no número de usuários ativos diários nos Estados Unidos e no Canadá entre o terceiro e o quarto trimestres.

"Ajudar as pessoas a se conectar é mais importante do que maximizar o tempo gasto no Facebook", disse Zuckerberg, que prevê que a tendência de passar menos tempo na web aumentará.

Em 2018, o Facebook anunciou novas mudanças para limitar a presença de publicações institucionais (de mídia ou marcas comerciais) e melhorar as publicações de amigos e familiares.

jc/jld/pb/lp/rsr/pc/acc/mr

Facebook
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento