Topo

Entretenimento

Descoberta no México sepultura múltipla de 2.400 anos

29/01/2018 23h04

México, 30 Jan 2018 (AFP) - Vestígios ósseos de uma dezena de pessoas que foram enterradas há 2.400 anos foram encontrados por um grupo de arqueólogos no sul da Cidade do México, informou nesta segunda-feira (29) o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH).

Esta descoberta constitui o maior enterro localizado no setor sul da capital mexicana, onde atualmente fica a Universidade Pontifícia do México.

Os arqueólogos "descoberto o enterro múltiplo em uma fossa com dois metros de diâmetro. Observam-se os restos de 10 indivíduos que devem ter sido enterrados em um mesmo momento", destacou o INAH em um comunicado.

Foram encontrados dez esqueletos, dois femininos e um masculino, enquanto continuam sendo analisados os dez restantes. Oito correspondem a adultos, um a um menor de 3 a 5 anos e outro a um bebê de meses.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento