Topo

Entretenimento

Morre a poetisa nicaraguense Claribel Alegría, prêmio Rainha Sofia

25/01/2018 21h02

Manágua, 25 Jan 2018 (AFP) - A escritora nicaraguense Claribel Alegría, vencedora do prêmio Rainha Sofia de Poesia Ibero-americana 2017, faleceu nesta quinta-feira (25) aos 93 anos em decorrência de uma infecção pulmonar em sua casa em Manágua.

Alegría "morreu esta manhã de uma infecção pulmonar" rodeada por seus quatro filhos, confirmou à AFP Patricia Flakoll, uma de suas filhas.

Ela contou que a poetisa, autora de mais de 40 obras, romances e testemunhos que foram traduzidos para 14 idiomas, faleceu tranquila em sua casa localizada em Los Robles, em Manágua.

O governo nicaraguense lamentou o falecimento de Alegría, cuja obra considerou um orgulho para Nicarágua e El Salvador, de onde sua mãe era originária.

"Nosso abraço solidário à família de Claribel e à comunidade literária, artística e cultural de Nicarágua e El Salvador", expressou a vice-presidente e porta-voz do governo, Rosario Murillo, para meios de comunicação oficiais.

Claribel Alegría nasceu em 12 de maio de 1924 na cidade de Estelí (norte) e estudou Filosofia e Letras nos Estados Unidos, onde casou com o americano Darwin Flakoll, já falecido.

Ela retornou à Nicarágua depois do triunfo da Revolução Sandinista em 1979.

Fez parte do movimento de intelectuais progressistas da chamada "Geração Comprometida" que surgiu em meados do século passado em El Salvador, onde viveu a sua infância.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento