Topo

Entretenimento

Moda masculina desembarca em Paris, ofuscada por acusações de assédio

15/01/2018 15h51

Paris, 15 Jan 2018 (AFP) - A Semana de Moda masculina começa na terça-feira (16), em Paris, marcada pelas acusações de assédio sexual por parte de modelos homens contra fotógrafos consagrados.

Mario Testino, peruano, e Bruce Weber, americano, foram assinalados no sábado em um artigo publicado no New York Times, em uma iniciativa que se soma à onda de denúncias por assédio sexual que se multiplicam no mundo do entretenimento, da mídia, moda e política desde que explodiu o escândalo em torno do produtor de Hollywood Harvey Weinstein.

As acusações contra Testino e Weber, que já havia sido objeto de uma denúncia por agressão sexual, levaram o grupo de imprensa Condé Nast (Vogue, Vanity Fair e GQ, principalmente) a acabar com sua colaboração com os dois fotógrafos "até nova ordem".

O Condé Nast, outras publicações e grandes marcas de moda anunciaram em outubro que parariam de trabalhar com outro fotógrafo de referência no ramo, o também americano Terry Richardson, suspeito de ter assediado sexualmente seus modelos durante anos.

- "Predador sexual" -Ao longo de uma carreira de mais de 40 anos, Testino, de 63 anos, acusado por 13 pessoas, fotografou dezenas de campanhas publicitárias de grandes empresas de moda, assim como eventos muito midiáticos, como a foto oficial do noivado entre o príncipe William e Kate Middleton.

"Era um predador sexual", afirmou o ex-modelo Ryan Locke no New York Times, assegurando que durante uma sessão de fotos Testino pediu a todos que saíssem do estúdio para ficarem sozinhos e se jogar em cima dele.

Quinze modelos masculinos acusaram Weber, denunciado na Justiça em dezembro por agressão sexual pelo modelo Jason Boyce.

Contactados pela AFP, nem Testino nem Weber reagiram a respeito.

O modelo Christopher Clark Cates, que em sua conta no Instagram explicou que Weber havia mandado que ele se despisse para exercícios respiratórios antes de uma sessão de fotos, convocou na Women's Wear Daily que as vítimas masculinas de assédio sexual falassem.

"Devemos parar de fingir que não sofremos abusos sexuais", escreveu o modelo junto com a hashtag #Mentoo, em alusão à campanha de denúncias femininas #Metoo.

Coincidindo com a Semana de Moda masculina em Paris, que até domingo organizará 55 desfiles das coleções de outono/inverno, esta convocação pode ter eco.

- Palomo Spain estreia em grande estilo -A jovem e bem-sucedida marca espanhola Palomo Spain estreará no calendário oficial parisiense nada menos que abrindo o evento. Em pouco mais de dois anos, seu criador, Alejandro Gómez Palomo, de 25 anos, revolucionou a moda com uma proposta que apaga a fronteira entre o masculino e feminino, e que seduziu desde Beyoncé até o cineasta Pedro Almodóvar.

O estilo colorido e provocador de Palomo Spain aparecerá junto às grandes marcas tradicionais, como Dior, Louis Vuitton, e Hermès.

Depois, a Semana Masculina dará passagem aos desfiles de alta-costura, entre os dias 22 e 25 de janeiro.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento