Topo

Entretenimento

Apresentador americano demitido por assédio sexual é substituído por outro homem

09/01/2018 18h41

Nova York, 9 Jan 2018 (AFP) - O canal de televisão CBS anunciou nesta terça-feira que seu popular e bilionário apresentador Charlie Rose, demitido após acusações de assédio sexual, será substituído por outro homem, ao contrário do canal concorrente, que escolheu uma mulher.

John Dickerson, de 49 anos, será a partir de quarta-feira o novo co-presentador de "CBS This Morning", ao lado de Gayle King e Norah O'Donnell, anunciou o canal.

Rose é um dos muitos homens poderosos e bem pagos da indústria do entretenimento que perdeu o emprego em consequência de acusações de assédio e abuso sexual nos Estados Unidos.

Dickerson começou a trabalhar na CBS News em 2009, foi o diretor político da rede durante seis anos e moderou dois debates presidenciais durante a campanha eleitoral de 2016.

Sua nomeação acontece depois que a NBC escolheu Hoda Kotb para substituir seu próprio astro matinal demitido pelos mesmos motivos, Matt Lauer, no "The Today Show", atualmente o noticiário mais assistido no país.

A decisão da NBC de ter duas mulheres apresentadoras rompeu com a formação tradicional de homens e mulheres e foi elogiada no contexto de reivindicações para que mulheres sejam promovidas em seus trabalhos.

"Esta debe ser a decisão mais popular tomada pela NBC News", disse a co-apresentadora do "Today" Savannah Guthrie, na semana pasada.

jm/jm/ll/gv/cc

CBS CORPORATION
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento