Topo

Entretenimento

Intel tenta tranquilizar mercado após falha em chip

04/01/2018 23h31

San Francisco, 5 Jan 2018 (AFP) - A gigante americana de microprocessadores Intel, que admitiu na véspera falhas de segurança em alguns de seus chips, tentou nesta quinta-feira tranquilizar o mercado, diante da queda de suas ações em Wall Street.

Em um comunicado divulgado nesta quinta, a Intel afirma que até o final da próxima semana terá "atualizações para mais de 90% de seus processadores lançados nos últimos cinco anos".

Na quarta-feira, Intel confirmou que uma falha em um de seus chips poderia permitir o acesso de hackers a dados armazenados nos sistemas dos computadores mais modernos, mas garantiu que o risco era mínimo.

As falhas foram confirmadas pela Equipe de Resposta a Emergências Informáticas nos Estados Unidos (CERT), que destacou "não ter conhecimento" de qualquer tentativa de invasão aproveitando os problemas, denominados "Spectre" e "Meltdown" e descobertos pelo Google.

Intel e suas concorrentes ARM e AMD, assim como outras empresas de tecnologia como Microsoft, Amazon e Mozilla, estão lançando atualizações de segurança para paliar o problema.

Apesar das providências, as ações da Intel caíram cerca de 2% nesta quinta, após um recuo de 3,4% no dia anterior.

A preocupação é que um grande número de dispositivos eletrônicos e informáticos fabricados nos últimos anos, em todo o mundo, estejam equipados com estes chips.

jc/jld/lr

INTEL

AMD - ADVANCED MICRO DEVICES

MICROSOFT

GOOGLE

ARM HOLDINGS

AMAZON.COM
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento