Entretenimento

Vendas de músicas nos EUA voltam a aumentar graças ao streaming

03/01/2018 19h25

Nova York, 3 Jan 2018 (AFP) - As vendas de músicas voltaram a crescer em 2017 nos Estados Unidos, aproveitando o auge dos serviços por streaming, anunciou nesta quarta-feira (3) a firma especializada BuzzAngle Music.

O consumo total de música cresceu 12,8% em volume no ano passado no maior mercado do mundo, triplicando o aumento de 4,2% registrado em 2016.

Sob o impulso do grupo sueco Spotify, os serviços de streaming (transmisión por Internet) superaram os downloads em plataformas como iTunes, que há alguns anos revolucionaram a indústria da música.

Segundo o BuzzAngle Música, a quantidade de músicas ouvidas por meio de streaming diariamente nos Estados Unidos (1,67 bilhão) é quase o triplo dos downloads de música no ano todo (563,7 milhões).

A transmissão de música on-line aumentou mais de 50% em um ano. Segundo a empresa, mais de 80% das reproduções são de sites por assinatura.

Entretanto, nem tudo são flores: muitos artistas se queixam de receber somente uma pequena parcela dos lucros nesse novo cenário.

O Spotify também enfrenta uma crescente concorrência, com a chegada de serviços oferecidos por gigantes como Apple e Amazon.

As vendas de álbuns continuaram caindo em 2017, com a exceção para um suporte: o vinil, que cresceu 20% graças a um renovado afeto dos fãs e colecionadores.

Depois do vinil, outro suporte histórico parece alcançar certa renovação: o cassete. O número de cópias vendidas duplicou em 2017, mas sem superar as 100.000.

APPLE INC.

AMAZON.COM

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo