Topo

Entretenimento


Ex-misses dos EUA pedem demissão de organizador do concurso

2017-12-22T22:52:00

22/12/2017 22h52

Nova York, 23 dez 2017 (AFP) - Ao menos 49 ex-misses Estados Unidos pediram nesta sexta-feira a demissão do presidente do evento, Sam Haskell, acusado de escrever mensagens degradantes e de caráter sexual sobre algumas concorrentes.

O site do jornal Huffington Post revelou na quinta-feira que Haskell, presidente da organização do concurso Misse Estados Unidos, enviou numerosos e-mails nos quais se refere com vulgaridade a ex-concorrentes.

As 49 ex-misses, incluindo uma mulher de 87 anos coroada em 1948, enviaram uma carta à organização pedindo a demissão imediata de Haskell, afirmando que estão "profundamente abaladas e tristes" com o conteúdo das mensagens.

Também solicitaram a saída do número dois da organização, Josh Randle, e de outros dois dirigentes acusados de proteger Haskell.

Mais Entretenimento