Topo

Entretenimento

Presidente da ESPN renuncia e cita dependência química como motivo

18/12/2017 19h59

Nova York, 18 dez 2017 (AFP) - John Skipper, presidente da emissora internacional de esportes ESPN, anunciou sua renúncia do cargo nesta segunda-feira, citando uma "dependência" química como principal motivo.

Skipper, 61 anos e desde 1997 na ESPN, deixa também o cargo de co-presidente da Disney Media Networks, dona da emissora esportiva, segundo comunicado da empresa.

"Há muitos anos luto contra a dependência e decidi que a coisa mais importante que devo fazer agora é cuidar do meu problema", explicou Skipper em nota.

O anúncio acontece no momento em que a Disney, que acaba de anunciar a compra de parte do império Murdoch, que inclui alguns canais regionais de esportes da 21st Century Fox, se questiona sobre o futuro da televisão por assinatura diante das plataformas de streaming online, como Amazon e Netflix.

A ESPN anunciou que George Bodenheimer, presidente da emissora entre 1998 e 2011, reassumirá o cargo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento