Topo

Entretenimento

Diretor criativo da Diane von Furstenberg renuncia ao cargo

15/12/2017 15h27

Nova York, 15 dez 2017 (AFP) - O estilista escocês Jonathan Saunders renunciou ao cargo de diretor criativo da marca nova-iorquina Diane von Furstenberg depois de passar apenas 18 meses nessa função, anunciou nesta sexta-feira (15) a marca.

Nem Saunders nem a marca justificaram as razões de sua saída, que ocorre após divulgações da imprensa de que Von Furstenberg quer vender parte da empresa, essa que alçou à fama na década de 1970, ao lançar a sua mais notória criação, o 'wrap dress' (vestido cruzado).

Saunders, que ficou famoso em Londres com sua marca homônima de roupas femininas, se uniu a DVF em maio de 2016 e comandava todas as etapas, como o design das lojas, o site, uma nova identidade de marca, o marketing e até mesmo as campanhas publicitárias.

"Sou grato a Diane por seu apoio e pela oportunidade de ter estado à frente dessa icônica marca. Estou muito orgulhoso de tudo que já conseguimos", disse Saunders em comunicado.

"Sou muito grata pelo belo trabalho de Jonathan e o esforço e dedicação que teve com a DVF", ressaltou por sua vez Von Furstenberg. "Deixará um importante e duradouro legado".

Em 2003, Saunders lançou a sua marca de roupa feminina em Londres e foi aclamado pelos críticos, mas renunciou em 2015 e fechou a sua marca, alegando "razões pessoais".

O estilista já havia trabalhado com vários grandes nomes da moda como Alexander McQueen, além de ter sido consultor de Christian Lacroix na Pucci, Phoebe Philo, Chloe e Paul Smith. Também colaborou com grandes lojas de fast-fashion como Target e Topshop.

A sua última coleção para a DVF foi a pré-temporada de Outono-2018, desfilada na semana passada.

jm/lbc/ll/bn/
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento