Entretenimento

Arábia Saudita acaba com proibição dos cinemas

11/12/2017 08h04

Riade, 11 dez 2017 (AFP) - A Arábia Saudita decidiu autorizar os cinemas a partir do início de 2018, após mais de 35 anos de proibição, anunciou nesta segunda-feira o ministério saudita da Cultura e Informação.

"Serão autorizados os cinemas comerciais a partir do início de 2018, pela primeira vez em mais de 35 anos", afirmou o ministério, que começará a conceder licenças imediatamente.

A medida é parte de um ambicioso plano de reformas do príncipe herdeiro Mohamed bin Salman, que busca promover espetáculos e eventos de entretenimento, apesar da oposição dos círculos conservadores.

Em janeiro, o mufti da Arábia Saudita expressou indignação contra a possível abertura de cinemas, que chamou de fonte de "depravação".

Apesar da proibição das salas de exibição, o cinema saudita começa a receber reconhecimento internacional.

A comédia romântica "Barakah Meets Barakah", de Mahmoud Sabbagh, foi exibida no Festival de Berlim e "O sonho de Wadjda", da diretora Haifaa Al Mansour, foi selecionado para representar o país em 2013 na tentativa de uma indicação ao Oscar de filme de língua estrangeira.

Entre outras reformas, Riad anunciou em setembro a autorização para que as mulheres possam dirigir a partir de junho de 2018.

bur-ac/atm/mm.zm-es/acc/fp
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo