Topo

Entretenimento

Oito pessoas detidas em investigação do assassinato de jornalista em Malta

04/12/2017 07h52

Valetta, 4 dez 2017 (AFP) - Oito pessoas foram detidas em Malta na investigação do assassinato da jornalista e blogueira especializada no combate à corrupção Daphne Caruana Galizia, anunciou nesta segunda-feira o primeiro-ministro do país, Joseph Muscat.

Caruana Galizia, de 53 anos, foi assassinada em 17 de outubro na explosão de uma bomba colocada sob seu automóvel.

A jornalista revelou alguns dos aspectos mais sombrios da política maltesa e criticou o primeiro-ministro, o trabalhista Joseph Muscat, que foi o líder da oposição até recentemente.

Os oito detidos têm nacionalidade maltesa.

mx-fcc/fio.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento