Topo

Entretenimento

Teatro de Londres recebe 20 queixas de conduta inadequada de Kevin Spacey

16/11/2017 11h48

Londres, 16 Nov 2017 (AFP) - O teatro londrino Old Vic anunciou nesta quinta-feira (16) que recebeu 20 "testemunhos pessoais" acusando de "comportamento inapropriado" o ator americano Kevin Spacey, diretor artístico deste estabelecimento entre 2004 e 2015.

Após uma investigação interna realizada por um escritório de advocacia a pedido do Old Vic, "20 testemunhos pessoais sobre comportamentos inapropriados de Kevin Spacey" foram reunidos, indica o teatro em um comunicado.

As denúncias cobrem um período de 1995 a 2013, a maioria referente a eventos ocorridos antes de 2009.

A investigação também concluiu que o status de "celebridade" do ator americano "e sua posição no Old Vic podem ter impedido as pessoas, especialmente os jovens funcionários e jovens atores, de sentir que poderiam conversar ou pedir ajuda".

"Isso é claramente inaceitável e Old Vic se desculpa sinceramente por não criar um ambiente ou cultura onde as pessoas sentiram que podiam falar livremente", lamenta o teatro.

Old Vic salienta que essas queixas não foram relatadas no momento dos fatos, com exceção de uma, e que "não é possível verificar" a sua veracidade.

O teatro foi acusado de fechar os olhos às ações do ator americano.

Após a revelação de vários casos de agressão sexual contra o produtor americano Harvey Weinstein, Kevin Spacey enfrentou acusações de assédio e agressão sexual.

No início de novembro, a polícia britânica anunciou que investigava uma denúncia de agressão sexual cometida em 2007 no sul de Londres por um homem identificado pela Sky News TV como Kevin Spacey.

Essas acusações já tiveram um sério impacto na carreira e na reputação do ator americano, retirado pela Netflix da série "House of Cards".

Kevin Spacey, de 58 anos de idade, também será substituído pelo ator canadense Christopher Plummer no próximo filme de Ridley Scott, "Todo o dinheiro do mundo".

eg/fb/glr/mr

NETFLIX
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento