Entretenimento

Weinstein é demitido do próprio estúdio após acusações de assédio

08/10/2017 22h35

Los Angeles, 9 Out 2017 (AFP) - O produtor de Hollywood Harvey Weinstein foi demitido, neste domingo (8), de seu estúdio cinematográfico, a Weinstein Company, após ser acusado de assediar mulheres sexualmente ao longo de várias décadas - informou a imprensa americana.

"À luz de novas informações sobre a má conduta de Harvey Weinstein que surgiram nos últimos dias, os diretores de The Weinstein Company - Robert Weinstein, Lance Maerov, Richard Koenigsberg e Tarak Ben Ammar - determinaram e informaram Harvey Weinstein de que seu emprego na companhia acabou", declarou a diretoria da empresa em uma nota citada por jornais americanos.

Esse desfecho vem na esteira de uma matéria publicada pelo jornal "The New York Times" no início da semana, segundo a qual Weinstein teria assediado jovens que pretendiam ingressar na indústria do cinema.

Em nota, Weinstein disse respeitar todas as mulheres e que espera ter uma segunda oportunidade.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Entretenimento

Topo