Entretenimento

Pinterest cresce fora dos EUA e supera 200 milhões de usuários

14/09/2017 15h57

San Francisco, 14 Set 2017 (AFP) - O serviço americano Pinterest, em que as pessoas postam e compartilham fotos de objetos de seu interesse online, anunciou nesta quinta-feira que superou os 200 milhões de usuários, em sua maioria de fora dos Estados Unidos.

"Quando lançamos o Pinterest, em 2010, fomos superados pela quantidade de pessoas que visitavam o site em busca de novas ideias para enriquecer sua vida cotidiana", afirmou à AFP o cofundador da aplicativo Evan Sharp.

O Pinterest cresceu 40% em um ano, e mais da metade dos novos usuários vivem atualmente fora dos Estados Unidos.

Sharp se negou, em compensação, a detalhar como o serviço consegue lucrar com o conteúdo e se limitou a assinalar que, no aspecto econômico, o Pinterest "vai bem".

A empresa, com sede em San Francisco, Califórnia, lançou em fevereiro uma ferramenta que permite a um usuário clicar sobre alguns dos objetos (móveis, roupas, acessórios) que aparecem na publicação e obter dados sobre outros similares que pode adquirir no próprio site.

Mistura de rede social e motor de busca, o Pinterest é utilizado por inúmeras marcas que postam no site fotos de seus produtos a fim de conquistar clientes. Seus usuários podem, desde 2015, comprar produtos através desse serviço.

gc/jc/dg/lda/cn/mvv

FACEBOOK

GOOGLE

TWITTER
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Entretenimento

Topo